segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

POLPETONE COM TALHARIM



Esse foi um jantar que eu fiz pra um "irmão de coração". Fazia muitos anos que não nos víamos, e resolvi chamá-lo pra me exibir na cozinha... kkkkkkk

Vamos lá, é mais que simples:

Comecemos pelos polpetones (ou porpetones, como quiserem). Eu faço a base como a massa das almôndegas do dia-a-dia. 

500 gr de carne moída de primeira (patinho ou coxão mole)
2 ou 3 pãezinhos franceses molhados (tem quem goste de molhar no leite, outros na água - vai de gosto)
1 xícara (chá) de cebola picada
1 xícara (chá) de cheiro verde (salsa e cebolinha) picados
1 ou 2 ovos (depende do tamanho do ovo - eu costumo ter o jumbo em casa, e uso somente 1)
sal, pimenta do reino e molho de pimenta a gosto

Misture e amasse bem os ingredientes. Modele do tamanho de hamburgueres, e una aos pares, com o recheio de sua preferência (presunto, queijo, legumes ou verduras - o tradicional pede somente mussarela). Passe na farinha de trigo, em ovos batidos, na farinha de rosca e frite em óleo bem quente, até formar uma crosta bem crocante. Nesse ponto, você pode guardar na geladeira ou no freezer, embalados individualmente em filme plástico, e armazenados em caixas plásticas. 

Leve ao forno quente, por aproximadamente 30 minutos, para terminar o cozimento. Enquanto isso prepare a massa e o molho. 

Para esse molho, usei tomates frescos - mas dá pra usar também tomates pelados enlatados, para ter um molho "pedaçudo", ou polpa de tomate, se assim o preferir (2 caixinhas tetrapack por receita).

2 kg de tomate italiano sem peles e sementes, picados (seria, aproximadamente, 3 latas de tomate pelado industrializado)
1 cenoura ralada (se não gosta de molho pedaçudo, bata a cenoura no liquidificador)
aproximadamente 3/4 xícara (chá) de azeite de oliva extra virgem
1 xícara (chá) de cebola picada
4 colheres (sopa) de alho amassado
sal, pimenta do reino, molho de pimenta a gosto
1/2 colher (chá) de orégano seco
1/2 colher (chá) de manjericão seco
1/2 colher (chá) de mangerona seca
1 folha de louro
folhas de manjericão fresco a gosto.

Em uma panela de fundo grosso aquecida, coloque metade do azeite e refogue o alho e a cebola. Assim que estiverem refogados, junte o restante do azeite, e os demais ingredientes. Deixe levantar fervura, em fogo bem alto, e abaixe o fogo em seguida. Ferva por mais uns 10 ou 15 minutos, apague o fogo, retire a folha de louro, acrescente o manjericão fresco, tampe a panela e reserve. 

Cozinhe 500 gr de talharim conforme indicações do fabricante. 

Pegue 200 gr de manteiga (não pode ser margarina), e pique na faca, como se fosse cenouras. 

Assim que escorrer o talharim, coloque em um refratário e espalhe a manteiga por cima. Misture bem e monte o prato.

No prato de serviço, coloque uma porção de macarrão, e cubra com o molho. Coloque uma almôndega, mais uma colherada de molho sobre a almôndega, e cubra com parmesão ralado. Enfeite com um ramo de manjericão e sirva!

Para acompanhar, somente uma salada fresca (na foto, agrião, cenoura laminada, tomates cereja e cebolas) 
 
 

Quer fazer bonito na frente dos convidados e ainda aproveitar o vinho Chianti? Vamos lá!!!!!!!

1. Faça os polpetones na véspera, somente para levá-los ao forno na hora de servir. Só irá demorar um pouco mais, uma vez que estarão gelados;
2. Faça a mise-en-place do molho e guarde na geladeira pronto: limpe, retire as peles e pique os tomates, e coloque em um recipiente tampado, assim como os temperos (cada um em um recipiente). Na hora que seus convidados chegarem, leve-os para a beira do fogão e sinta-se a perfeita "chef de cuisine"... rsrsrs
3. Lave a salada e seque. Guarde em sacos plásticos ou caixas plásticas na geladeira, e monte na hora. 
4. Não aconselho usar aqueles molhos prontos para a salada. Deixe na mesa os temperos, ou faça aquele molho especial e deixe numa molheira à parte - é horrível querer comer uma salada e ela estar murcha porque o tempero "cozinhou" a verdura...
5. a acidez da cebola da salada pode ser retirada facilmente. Coloque no escorredor de arroz a cebola, e despeje aproximadamente 2 xícaras (chá) de água fervendo. Deixe por 10 segundos, escorra, e enxágue imediatamente em bastante água fria. Garanto que ninguém vai ficar com bafo de cebola... kkkkkkkkkk
      
 

                 

Nenhum comentário:

Postar um comentário